O gene PPARA está relacionado ao metabolismo lipídico, envolvido em exercícios de resistência física.

Gene: PPARA

Nome: Receptor alfa ativado por proliferador de peroxissomo

Função: Este gene é responsável pela síntese de um fator de transcrição nuclear que regula a expressão de genes relacionados à proliferação e diferenciação celular, resposta imunológica e inflamatória, no metabolismo lipídico no fígado e nos músculos (esquelético e cardíaco), além da oxidação de gordura durante a realização de exercícios físicos. Sua expressão é ativada quando há limitação na produção de energia, e está envolvido em exercícios de resistência física.

Genótipos possíveis para o Gene PPARA

Genótipo G/G

Pessoas com este genótipo geralmente tem melhor resposta a exercícios de resistência física.

Genótipo C/G

Este genótipo está associado a uma resposta moderada a exercícios de resistência física.

Genótipo C/C

Pessoas com este genótipo geralmente tem melhor resposta a exercícios de força muscular.

Gene PPARA e a Resistência Física

O gene PPARA está associado a uma série de regulações metabólicas que favorecem os exercícios de resistência. Ele age ativando genes que promovem a produção de energia em situações em que há restrição ou depleção de reservas energéticas. Por exemplo, durante a prática de exercícios de longa duração ele age promovendo a oxidação de ácidos graxos no fígado, músculo cardíaco e esquelético.

Estudos com atletas mostram que nos esportes que requerem maior resistência física (como corrida de maratona, triatlo e remo), a maioria o alelo “G” está presente com maior frequência, sendo o genótipo G/G o mais frequente. Isso permite inferir que a presença desse alelo faz com que a expressão do gene PPARA direcione o metabolismo que favorece a execução de atividades físicas que possuem um maior tempo de duração (> 30 minutos).

Por outro lado, pessoas com ausência desse alelo (genótipo C/C) estão mais associadas a maior massa magra (músculo, com fibras predominantemente do tipo 2) e maior potência de contração muscular. 

REFERÊNCIAS 

Ginevičienė et al. Relating fitness phenotypes to genotypes in Lithuanian elite athletes. Acta Medica Lituanica, 2010.

Lopez-Leon et al. Sports genetics- the PPARA gene and athletes’ high ability in endurance sports. A systematic review and meta-analysis. Biology of Sport, 2016.

Zehsaz et al. Association between the PPARa and PPARGCA gene variations and physical performance in non-trained male adolescents. Molecular Biology Reports, 2018.