Você sabe “o que é nutrigenômica”, “para que ela serve” ou “como utilizá-la em sua prática clínica”? Um conceito que vem ganhando, cada vez mais, destaque entre os profissionais da nutrição que buscam por novos métodos de personalização de dieta.

Já abordamos aqui no nosso Blog conceitos relacionados com o tema, como Nutrigenética, Epigenética e também suas diferenças. Descubra agora neste artigo um pouco mais sobre Nutrigenômica e algumas das suas aplicações na prática clínica.

Quando surgiu?

A nutrigenômica, surgiu logo no início do século 21, graças aos estudos do projeto genoma, responsável por realizar um mapeamento de todos os genes presentes no corpo humano.

Antes da conclusão do projeto genoma, haviam várias hipóteses acerca de doenças causadas pela falta de nutrientes ou pelo excesso dos mesmos. Logo após sua conclusão, vários estudos que buscavam comprovar essas hipóteses foram iniciados, um desses estudos se tornou uma área de pesquisa que ficou conhecida como Nutrigenômica.

O que é Nutrigenômica?

A nutrigenômica é, resumidamente, o estudo da influência que os alimentos exercem sobre a expressão genética de cada um. Nos últimos anos, a busca por um plano alimentar personalizado através de aspectos genéticos têm aumentado. A Nutrigenômica contribuí muito na busca deste plano alimentar, pois nos ajuda a descobrir, com base no nosso DNA, como os nutrientes obtidos através da dieta podem prevenir o desenvolvimento de doenças, melhorar nossa saúde e aumentar o rendimento nas atividades físicas.

Nutrigenômica no consultório?

O conhecimento sobre Nutrigenômica pode ser aplicado no consultório como uma excelente ferramenta de auxílio para a criação de planos alimentares. Com ele, você poderá personalizar as condutas do seus pacientes de acordo com o perfil genético dos mesmos, além de identificar uma predisposição a alguma doença ou tendência a um determinado hábito alimentar.

O Teste Nutrigenético é uma “ferramenta essencial” para aplicar o conceito de Nutrigenômica na criação de suas condutas alimentares. Pois, através dele, é possível identificar a forma como os genes influenciam nas respostas de cada organismo aos hábitos e alimentação.

Se interessou sobre o assunto? Quer aprender mais sobre genética e nutrição? Fique ligado no nosso Site pois estamos sempre oferecendo cursos na área. Além disso, se você quer começar a trabalhar com Testes Genéticos, vire um parceiro DGLab!