Essa publicação visa explicar brevemente a correlação do Gene ACE com a prática clínica nutricional. Se você está começando agora a trabalhar com testes genéticos, não deixe de ler nosso conteúdo sobre o que são testes genéticos e como eles podem enriquecer sua prática clínica.

Gene: ACE
Nome: Enzima Conversora de Angiotensina

A enzima conversora Angiostensina I tem importante papel na regulação da pressão arterial e no balanço de eletrólitos corporais.

Sua atividade está relacionada à contração dos vasos sanguíneos e ao aumento da pressão arterial.
Os possíveis alelos, C e G, conferem maior ou menor atividade dessa enzima.

Variações de resultados:

Ao se deparar com os resultados de um teste genético, para esse gene, você encontrará as seguintes variações:

Resultado C/C:
O alelo C está associado a menor atividade da enzima ACE, o que está relacionado com menor sensibilidade a carboidratos refinados.

Resultados C/G ou G/G:
O alelo G pode aumentar a sensibilidade a carboidratos refinados e levar a uma redução da sensibilidade à insulina, condição agravada em indivíduos com sobrepeso. O efeito negativo dos genótipos CG e GG, associados à sensibilidade à insulina, podem ser atenuados com exercícios regulares.