Carboidratos antes do treino: O que você precisa saber

Você que pratica atividade física regularmente, se preocupa com suas refeições ao longo do dia? Nesse post vamos trazer algumas dicas de como os carboidratos antes do treino podem melhorar seu rendimento.

Mas afinal, o que são carboidratos?

Os carboidratos são moléculas químicas formadas por carbono, hidrogênio e oxigênio, que formam essa classe de nutrientes.

Eles estão classificados de acordo com o tamanho da molécula e a quantidade de açúcares.  São eles: carboidratos simples (monossacarídeos e dissacarídeos) e carboidratos complexos (polissacarídeos).

De acordo com o tipo de carboidrato, eles podem variar na velocidade de absorção e digestão pelo nosso organismo.

Para saber mais detalhes e exemplos de cada tipo de carboidrato, clique aqui.

Para que serve esse nutriente?

A principal função do carboidrato é fornecer energia, além de ser o principal “combustível” para o nosso cérebro. Ele é armazenado como glicogênio em nosso corpo, no músculo e no fígado. 

Quando essas moléculas armazenadas são “quebradas”, fornecem energia para nossas células e para o seu funcionamento.

Os carboidratos são importantes para a prática de exercício físico? 

Como já dissemos anteriormente, os carboidratos são armazenados na forma de glicogênio em nosso corpo, e sua capacidade de armazenamento é limitada.

Ou seja, quando praticamos alguma atividade física, principalmente as de alta intensidade e longa duração, esses estoques podem diminuir significativamente.

Treino

Portanto, se sua dieta for insuficiente em fontes de carboidratos, esses estoques não vão ser repostos. Isso poderá prejudicar seu desempenho, intensidade do exercício, causar quadros de fadiga muscular a até mesmo reduzir a função do seu sistema imunológico.

Por isso é importante um planejamento adequado da dieta, de acordo com suas necessidades energéticas. 

Quais carboidratos devo consumir então?

Para responder essa questão, é necessário analisar algumas variáveis na rotina de cada um. Por exemplo: duração do treino, tipo de exercício a ser praticado, horário da sessão de treinamento e das refeições planejadas, necessidades calóricas diárias e a digestibilidade de cada pessoa.

Vale lembrar que, não é somente sua refeição “pré treino” que vai te auxiliar no fornecimento de energia durante o exercício. Todas as suas refeições do dia, ou até mesmo do dia interior, vão influenciar em seus estoques de glicogênio (energia).

Portanto, o ideal é manter uma alimentação equilibrada durante o todo o seu dia, e nas refeições mais próximas a sessão de treinamento consuma boas fontes de carboidratos. Por exemplo: pães, aveia, arroz, tubérculos (batata, mandioca, batata doce, mandioquinha), frutas, macarrão.

comida

Cada um possui um tempo para digerir os alimentos, por isso devemos se atentar aos tipos de carboidratos antes do treino, e ao tempo de absorção de cada um adequando ao horário da refeição. 

Quando sua refeição for mais próxima ao treino (em torno de 30 minutos, por exemplo), prefira os carboidratos de rápida absorção, para fornecerem energia mais rapidamente.

Algumas opções são: frutas, geleia de frutas, pães brancos, tapioca, mel, suco de laranja, suco de uva, água de coco, goiabada.

Dica: Evite alimentos fontes de fibras e gorduras logo antes do treino, pois os mesmos podem gerar certos desconfortos intestinais e sensação de “empachamento”.

Procure sempre um bom profissional para adequar e individualizar as suas necessidades diárias a suas refeições, planejamento alimentar de acordo com a sua rotina de treinos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *